Locais dos escritórios globais | myColdJet Login
Ajuda:    Visualizando em: Português do Brasil | Ir para:

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes sobre gelo seco, produção de gelo seco e jateamento de gelo seco.

Se não encontrar a resposta para sua pergunta em nosso site, entre em contato conosco em [email protected] ou ligue para 1-800-337-9423.

  • P: O que é gelo seco?
  • R: O gelo seco é a forma solida do dióxido de carbono (CO2). O CO2 é um gás incolor, insípido e inodoro encontrado naturalmente na atmosfera.
  • P: O que é jateamento de gelo seco?
  • R: O jateamento de gelo seco é similar ao jateamento de areia, jateamento de esferas de vidro ou jateamento com barrilha, onde o meio é acelerado em um fluxo de ar pressurizado (ou outro gás inerte) para impactar e limpar a superfície.
  • P: Como o gelo seco é armazenado?
  • R: O gelo seco deve ser armazenado em um recipiente isolado. Quanto mais espessa a isolação, mais lentamente ele irá sublimar. Dependendo do clima e espessura de seu recipiente, a sublimação típica do gelo seco é de aproximadamente 2% a 10% diários.
  • P: Por que eu usaria gelo seco ao invés de um meio tradicional de jateamento?
  • R: A maioria dos outros meios de jateamento deixa dejetos secundários. O gelo seco sublima (vaporiza) com o impacto na superfície. Tudo que resta é o contaminante que está removendo, deslocado do substrato. Além disso, como o gelo seco vaporiza com o impacto, o processo pode ser usado para limpar cavidades complexas onde geralmente um jato de meio granular ficará preso.
  • P: Como o processo funciona?
  • R: Diferentemente de outros jatos de meio, o gelo seco tem a temperatura de -78,3°C (-109°F). Por causa da diferença de temperatura entre as partículas de gelo seco e a superfície sendo tratada, ocorre um choque térmico que quebra a ligação entre dois materiais diferentes.
  • P: O que acontece com o contaminante?
  • R: Os contaminantes podem ser secos, molhados, rígidos ou macios. Os contaminantes secos se quebrarão em pequenas lascas e podem ser varridos ou aspirados. Se as partículas forem grandes o suficiente, elas não serão transportadas pelo ar. Se o contaminante for molhado, como graxa ou óleo, o jato da Cold Jet vai mover ou empurrar o líquido para longe, como um jato de água de alta pressão o faria, exceto que a superfície onde o contaminante estava ficará limpa e seca. Para impedir o re-depósito, o operador deve trabalhar de maneira metódica, de cima para baixo.
  • P: O contaminante ou as pastilhas de gelo seco ricocheteiam?
  • R: Com o impacto, as pastilhas de gelo seco sublimam para o estado gasoso e, portanto, geralmente não ricocheteiam. O contaminante removido geralmente é lavado pelo fluxo do jato e não volta diretamente para próximo da máquina de jato. Entretanto, deve-se usar óculos de segurança durante todo o tempo de operação da máquina.
  • P: O jateamento de gelo seco danificará o substrato?
  • R: O processo jateamento de gelo seco da Cold Jet não danificará o substrato. O tamanho das pastilhas de gelo seco e a sua velocidade podem ser otimizadas para remover o contaminante enquanto permanecem não abrasivas para o substrato. O processo da Cold Jet pode limpar ferramentas delicadas cromadas ou niqueladas, alumínio macio ou ligas de latão, isolamento de fios e até placas de circuito, tudo sem causar danos.
  • P: É possível usar o jateamento de gelo seco da Cold Jet® para limpar ferramentas quentes no local?
  • R: Sim. De fato, o jateamento de gelo seco limpa mais rapidamente quando o substrato está quente.
  • P: O jateamento de gelo seco esfria o substrato?
  • R: Sim, mas não dramaticamente. A quantidade de resfriamento depende do material do substrato, do tempo de permanência do fluxo de jato de gelo seco e do uso do gelo seco. Por exemplo, um molde de borracha de 76,2 cm (30 pol.) por 76,2 cm (30 pol.) pode ter uma temperatura inicial de 162,8°C (325°F). Após a ferramenta ter sido limpa com o jato (aproximadamente 12 minutos), a temperatura do molde será de 148,9°C (300°F).
  • P: A redução de temperatura danificará o molde quente?
  • R: Geralmente, não. A mudança de temperatura da superfície sendo limpa é pequena e a tensão de tração correspondente ficará bem abaixo do ponto que a maioria dos moldes alcançará durante tratamento de calor normal.
  • P: O processo criará condensação?
  • R: A condensação ocorre quando a temperatura do substrato cai abaixo do ponto de condensação. O ponto de condensação varia com o clima e com os padrões meteorológicos diários. Ao limpar substratos quentes, raramente ocorrerá condensação porque a temperatura da superfície estará acima do ponto de condensação. Se houver formação de condensação, ela pode ser controlada com o uso de aquecedores, lâmpadas de calor ou sopradores.
  • P: Que equipamento precisarei para minha aplicação de limpeza?
  • R: O sistema de jato de gelo seco virá completo com jato e mangueira de ar, aplicador e bico mais adequado para sua aplicação e um CD de treinamento para referência e treinamento de funcionários. Os únicos outros itens necessários para operar o seu sistema de jato de gelo seco da Cold Jet são ar de fábrica, energia elétrica de uma tomada comum de parede e pastilhas ou bloco de gelo seco (dependendo do sistema).
  • P: Qual será a quantidade de ar necessário?
  • R: Um sistema de jato de gelo seco da Cold Jet típico opera à 80 psi (5,5 bar) com 150 scfm (4,25 m³/min); entretanto, suas necessidades vão depender da sua aplicação. Temos bicos de baixo fluxo disponíveis que precisam de apenas 50 scfm (1,42 m³/min) à 80 psi (5,5 bar).
  • P: Onde posso encontrar pastilhas de gelo seco, pepitas e/ou blocos?
  • R: As pastilhas de gelo seco, pepitas e/ou blocos estão disponíveis em todo o mundo. Nos Estados Unidos, ligue para +1-800-SEND-ICE (+1-800-736-3423) ou +1-513-831-3211 e na Europa ligue para +32 (0)2 467 4101 para o local mais próximo de você.
  • P: Qual é o nível de portabilidade das máquinas de jateamento de gelo seco?
  • R: Uma pessoa pode rolar facilmente qualquer das máquinas ao redor da fábrica sem nenhum equipamento especial.
  • P: É seguro usar jateamento de gelo seco ao ar livre?
  • R: Sim. O gelo seco de CO2 é seguro para uso em aplicações de jateamento ao ar livre. Na verdade, muitas organizações já deram à Cold Jet® seu selo de aprovação para uso de gelo seco em aplicações de jateamento ao ar livre, incluindo a Agência de Proteção Ambiental da Califórnia.
  • P: Quanto gelo seco devo esperar usar?
  • R: A quantidade de gelo seco necessária para limpar com eficácia pode variar dramaticamente com cada sistema de jato de gelo seco e aplicação de limpeza. O consumo médio de gelo para o equipamento de jato de gelo seco da Cold Jet é aproximadamente 1,1 kg (2,5 lb) por minuto.
  • P: Vou precisar de arrefecimento?
  • R: Arrefecimento pode ser útil se for uma empresa de limpeza contratada ou prestador de serviços de restauração usando um compressor diesel como fonte de ar. O arrefecimento fornece garantia que o jato de gelo seco da Cold Jet não vai jatear qualquer umidade do compressor diesel sendo usado. Isso depende principalmente dos níveis de umidade.

    Seu representante de vendas poderá verificar suas necessidade e recomendar a configuração de sistema adequada para garantir que sua produtividade seja maximizada com jateamento de gelo seco livre de umidade do seu sistema de jato de gelo seco da Cold Jet.

  • P: Quais são os requisitos de manutenção para manter meu sistema?
  • R: Muito poucos. Os sistemas de jato de gelo seco da Cold Jet são projetados para proporcionar anos de uso sem problemas com manutenção mínima. Cada sistema vem com manual do operador que descreve as rotinas de manutenção recomendadas. Dois exemplos seriam verificar filtros e examinar mangueiras procurando rachaduras periodicamente.
  • P: É seguro jatear em local fechado?
  • R: Sim, com ventilação adequada. Já que o CO2 é 40% mais pesado que o ar, a localização recomenda-se que a ventilação de exaustão fique próximo ou ao nível do piso quando estiver jateando em uma área fechada. Em um ambiente aberto, a ventilação existente é suficiente para evitar acúmulo excessivo de CO2. Embora o CO2 não seja venenoso, ele desloca o oxigênio da atmosfera.
  • P: Quais são os principais problemas de segurança no jateamento de gelo seco?
  • R: Um problema de segurança é a proteção dos trabalhadores das peças móveis. O equipamento da Cold Jet é projetado para que os trabalhadores não tenham acesso a peças móveis sem deligar o sistema. Outra preocupação é a temperatura do gelo seco. À -78,3°C (-109°F), recomendamos usar luvas ao entrar em contato com o gelo seco. Uma proteção para olhos e ouvidos deve ser usada durante todo o tempo.
  • P: Qual é o nível de ruído do sistema?
  • R: O ruído é uma função do volume e da velocidade do ar. Dentro do bico, o ar estacionário é cortado pelo ar em alta velocidade, causando turbulência e gerando ruído. Com proteção de ouvido adequada, um operador pode operar o sistema o dia todo com segurança.
  • P: Qual é a diferença entre um sistema de mangueira única e um sistema de mangueira dupla?
  • R: Com um sistema de jato de mangueira dupla, o gelo seco viaja em uma mangueira e o ar de alta pressão em outro. Eles não misturam até antes de saírem do bico. Os sistemas de jato de mangueira única misturam o ar em alta pressão e o gelo seco a partir do momento em que saem da máquina. Os sistemas de mangueira única podem ser a melhor escolha quando for necessário realizar uma limpeza mais agressiva.
  • P: Como saber se quero um sistema de jateamento de pastilhas ou partícula de bloco raspado?
  • R: As partículas raspadas menores têm uma vantagem quando estiver removendo a maioria das tintas ou quando precisar limpar equipamentos com geometrias intrincadas ou pequenas aberturas como microventilações ou telas. As pastilhas são mais adequadas quando estiver removendo contaminantes espessos, pois a maior massa de cada pastilha tem maior capacidade de penetrar no contaminante e criar a onda de choque necessária para descolá-lo.